Decisão do STF pró-Lula pode dar fim ao sonho presidencial de Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) comemora, de um lado, a decisão do Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de anular todas as condenações do ex-presidente Lula pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato (saiba mais), mas se entristece de outro.

Se o petista tiver a decisão favorável confirmada em plenário, ele poderá ser candidato a presidente em 2022.

E ninguém tem dúvidas de que, com o caminho livre, Lula não abdicará de estar na disputa.

Como ninguém tem dúvidas de que o governador do Maranhão passou os últimos três anos cavando sua própria candidatura presidencial.

No cenário atual, no entanto, o sonho vai ficando para depois…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp

Entre e receba notícias do dia.

PM DE TIMBIRAS

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade